A(s) festa(s)

A(s) festa(s)

Por Carmo Rodeia Não nasci nos Açores mas considero-me meio açoriana. Vivi metade da minha vida na ilha, sem perder de vista o arquipélago, o que para uma continental, habituada à vasta planície alentejana, até é um exercício fácil e terapêutico não fosse o horizonte...