Tu, que não te admiras do mergulho e do precipício

Tu, que não te admiras do mergulho e do precipício

Pelo padre Nuno Pacheco de Sousa O Rui Veloso canta que a primavera da vida é difícil de viver, e talvez seja mesmo, mas é também um tempo interessante e particularmente desafiante na nossa vida, onde o mistério é enorme, a par da nossa força e da nossa audácia de...