Jornalista por arrufo

Jornalista por arrufo

Por Carmo Rodeia Lembro-me como se fosse hoje. Em julho de 1986, quando me candidatei à universidade tive o primeiro grande arrufo com a minha mãe. Por influência de amigos, tipo Maria vai com os outros, desisti de me candidatar ao curso de Direito, na velha e...
Jornalista por arrufo

“O que é um adulto? Uma criança de idade”

Por Carmo Rodeia Os meus pais foram pessoas felizes. Os 17 anos que os separavam eram como que a chancela de um amor quase perfeito. Minha mãe casou com 18 anos, num dia 18 de março. Costumava dizer que o meu pai a tinha marcado à nascença e que tinha esperado que ela...
Jornalista por arrufo

2 milhões e duzentos mil?

Por Carmo Rodeia Pobres em Portugal: 2 milhões e duzentos mil. Pobres em todo o mundo: 1,3 mil milhões. Estes sãos os números da pobreza, que a pandemia veio pôr em evidência. No mundo, quase que duplicou o número de pobres. Em Portugal foram mais umas centenas de...
Jornalista por arrufo

O perigo da utopia ou a tentação para os rótulos

Por Carmo Rodeia Assinala-se esta segunda feira, dia 3 de outubro, o primeiro aniversário desde a assinatura, em Assis, da carta-encíclica do Papa Francisco, Fratelli Tutti, ou seja, Todos irmãos. Chamar encíclica a este documento, com o devido respeito é pouco. O...
Jornalista por arrufo

O Deus do amor é só um

Por Carmo Rodeia “As religiões são caminhos diferentes para um mesmo ponto. Que interessa usarmos itinerários diferentes, desde que cheguemos ao mesmo objetivo”. Peço de empréstimo esta citação retirada de Cartas ao Ashram de Mahatma Gandhi, para ilustrar uma das...
Afinal, Pilatos não morreu e continua ateu

Afinal, Pilatos não morreu e continua ateu

Por Carmo Rodeia O julgamento de Jesus é um episódio que interessa a todos, já que, como nenhum outro, interroga a consciência humana e fez (ainda hoje faz!) sentir as suas consequências no curso da civilização ocidental. A ideia não é minha mas de Joseph Weiler, um...