Pelo Pe José Júlio Rocha.

«Disse Jesus aos seus discípulos: «Não se perturbe o vosso coração. Se acreditais em Deus, acreditai também em Mim.» (João 14, 1)
No meio de todas as dúvidas, angústias e incertezas do tempo de hoje, a frase de Jesus “não se perturbe o vosso coração” é um bálsamo para as nossas almas.
Não podemos esquecer os que mais sofrem com esta pandemia: os que perderam alguém, os que perderam o emprego, os que viram fecharem-se as portas dos seus pequenos negócios, os idosos, os doentes mais graves.
Não é cristão pensar que Deus nos mandou este vírus como se fosse uma lição ou um castigo, quando tantos inocentes, e, se calhar os mais inocentes, são as principais vítimas. É cristão tirar lições disto tudo: devemos tornar-nos melhores pessoas, espalhar o perfume da paz e virar as costas ao ódio.
Não podemos dar lugar ao ressentimento.