Embaixador Pedro Catarino envia condolências à família e à diocese

O Representante da República para os Açores, embaixador Pedro Catarino, afirmou hoje, na mensagem de condolências enviada à família e a diocese, que o bispo emérito de Angra deixa nos corações dos açorianos “um vazio sem limites”.

“O senhor D. António, com quem mantive durante alguns anos uma relação muito próximo, teve uma vida plena de amor pelo próximo e pela sua terra, Santa Maria e os Açores, espalhando a palavra de jesus e ajudando todos a enfrentar as suas vidas e a glorificar o Senhor”, afirma o Representante da República na mensagem de condolências a que o sítio Igreja Açores teve acesso.

“Pessoalmente , muito me ajudou com o seu sempre avisado conselho e benevolência”, acrescentou.

“Deixo aqui as minhas condolências à sua família e, na pessoa de Vossa Excelência, à diocese de Angra e a todos os diocesanos”.

D. António de Sousa Braga faleceu esta segunda-feira, aos 81 anos de idade, vítima de uma paragem cardio-respiratória.

No próximo domingo, na Sé de Angra, às 18h00, será celebrada a missa de sétimo dia, que será presidida pelo cónego Hélder Fonseca Mendes e concelebrada pelo Cabido Catedralício.