Iniciativa decorre no próximo fim-de-semana na Sociedade Amor da Pátria

A Santa Casa da Misericórdia da Horta encerra no próximo fim-de-semana as comemorações dos 500 anos da sua fundação, organizando em parceria com a União Regional das Misericórdias, o XV Congresso Insular das Misericórdias dos Açores e Madeira.

A iniciativa começa no dia 14, às 18h00, e prolonga-se até dia 15, na Sociedade Amor da Pátria, na Horta. Vários oradores regionais dos dois arquipélagos bem como dirigentes e especialistas nacionais marcarão presença no encontro sob o lema “A sustentabilidade das misericórdias: caminhos para o futuro”.

Este congresso, tal como a reunião da União Regional das Misericórdias dos Açores que o precede, integra-se num vasto programa comemorativo da fundação da Santa Casa faialense, no qual participará o Administrador Diocesano, Cónego Hélder Fonseca Mendes.

“Não existe uma data concreta de criação mas terá acontecido entre 1520 e 1522, datas que se encontram nos jornais locais, por isso as comemorações começaram em fevereiro de 2020 e retomamos no passado mês de maio, terminando agora no próximo domingo com uma Missa, na igreja das Angústias, e a sessão solene de encerramento” disse ao Igreja Açores Marco Silva, provedor da Santa Casa da Horta.

“Esta Misericórdia tem uma dimensão grande que exige muita presença” disse o provedor ao sublinhar o “papel bastante importante” desta instituição que cuida particularmente da população vulnerável de toda a ilha e também de outras ilhas.

“Atualmente damos apoio a 400 pessoas” entre crianças, deficientes, idosos, pessoas com adições ou pessoas com grande vulnerabilidade. E, como todas as instituições deste género, depara-se com muitos problemas.

“As dificuldades que existem a nível económico, a falta crónica de recursos humanos e a vontade de prestarmos cada vez mais e melhores serviços, sobretudo aos nossos idosos”, constituem “um desafio constante”, refere Marco Silva.

A entrevista ao provedor pode ser ouvida amanhã no programa de rádio Igreja Açores, que vai para o ar depois do meio-dia, no Rádio Clube de Angra e na Antena 1 Açores.

No passado dia 1 de outubro de 2022, no âmbito das Comemorações dos 500 Anos da Fundação da Santa Casa da Misericórdia da Horta, realizou-se o Dia da Irmandade.

Foi celebrada uma eucaristia no Cemitério do Carmo e, posteriormente procedeu-se  à inauguração e bênção do Memorial aos Irmãos falecidos.

Neste dia foi, ainda, proporcionado um momento de convívio entre os irmãos presentes.