Pelo Pe José Júlio Rocha.

O Senhor é clemente e compassivo,
paciente e cheio de bondade.
O Senhor é bom para com todos,
e a sua misericórdia se estende a todas as criaturas. (Salmo 145)
Este salmo canta que o Senhor é “cheio de bondade”. A bondade de Deus enche a Terra como as águas de um lago calmo preenchem o seu leito.
Mas a bondade não deve pertencer só a Deus. Deve ser também uma virtude humana, ou melhor, a mais importante das virtudes humanas.
Pena é que hoje em dia esteja relegada para segundo plano.
A bondade é a presença do Espírito de Deus em nós.