Pelo P.e José Júlio Rocha.

Quando Isabel ouviu a saudação de Maria, o menino exultou-lhe no seio. Isabel ficou cheia do Espírito Santo. (Lucas 1, 41)
É a simbologia do Advento na sua plenitude: duas mães à espera dos seus filhos, encontram-se e exultam de alegria.
Isabel diz “Bendita és tu entre as mulheres e bendito é o fruto do teu ventre.” Maria canta o vibrante “Magnificat”.
A chegada de Jesus é a abundância da alegria.
Com que alegria vamos viver este Natal? Se não dermos alegria aos outros, não podemos esperar, dos outros, alegria.