I Dia Diocesano da Família é celebrado este domingo em Vila Franca do Campo

O assistente diocesano da pastoral da família e laicado, Monsenhor José Medeiros Constância, apela às famílias cristãs que se comprometam regularmente num esforço pastoral e sejam verdadeiras evangelizadoras de outras famílias.

“A família pode evangelizar outra família,  fazendo as coisas ordinárias de forma absolutamente extraordinária, com sentido do outro. Quando os casais e as famílias vivem assim, no dia a dia normal,  são verdadeiras testemunhas e evangelizam de facto as outras famílias e são uma luz na sociedade” afirma monsenhor José Medeiros Constância em declarações ao programa de Rádio Igreja Açores, que vai para o ar este domingo, na Antena 1 Açores e no Rádio Clube de Angra, depois do meio-dia.

“Depois,  há um esforço no sentido de estas famílias estarem disponíveis para participar, dialogar e testemunhar junto de outras famílias da comunidade, através das iniciativas próprias desenvolvidas pela pastoral familiar” acrescentou ainda o sacerdote.

Este domingo a Igreja celebra o Dia mundial da Família, e na diocese de Angra assinala-se pela primeira vez o Dia diocesano da Família, numa iniciativa que decorrerá em Vila Franca do Campo.

“Este dia diocesano está aberto a todas as famílias da diocese, sejam cristãs ou outras” refere destacando que seria “muito interessante” que “pudessem participar famílias que não são cristãs ou famílias em situação especial”.

“Creio que em toda a diocese já há um acolhimento natural às famílias que vivem em situações que são diferentes, que convivem e colaboram e até já caminham para a comunidade cristã e até participam nela e nas suas atividades”, esclarece ainda.

O primeiro Dia Diocesano da Família decorre no Pavilhão Açor Arena entre as 9h30 e as 18h00.

Começa com o acolhimento; às 10h00 há uma oração inicial e, a partir das 10h30, realizam-se  5 encontros orientados por assistentes locais da pastoral familiar e especialistas na área da familia: As crianças na Igreja hoje, com o Padre Carlos Simas e elementos do CNE; Jovens rumo à JMJ de Lisboa em 2023, com o padre Norberto Brum; Os desafios sociais da família hoje, com Piedade Lalanda; As crises na família, com o padre Paulo Borges e O matrimónio é uma bênção em todas as idades, com Monsenhor José Medeiros Constância.

Às 14h30 será celebrada uma Eucaristia na igreja Matriz de Vila Franca do campo, presidida pelo Administrador Diocesano e prossegue a tarde com um convívio e uma feira de artesanato.

O I Dia Diocesano da Família integra-se nas iniciativas da Semana da Vida que termina este domingo. O tema central “A Vida que acolhemos” é inspirado na parábola do Bom Samaritano como “personagem de acolhimento e, em simultâneo estrangeiro, o que não deixa de ser um pouco desconcertante: é o estrangeiro que é o protagonista do acolhimento e não o inverso”.

A temática deste ano alinha-se com o tema do ano passado “A Vida que nos toca, A vida que sempre cuidamos”,  “num percurso” que os promotores pretendem “prolongar para o próximo ano”.