Direção está “serena” e conta com “a compreensão dos pais”

O colégio de São Francisco Xavier, em Ponta Delgada, acaba de decidir o seu encerramento até dia 1 de dezembro por causa de um aluno ter testado positivo à covid-19, depois de um contacto no exterior. A decisão foi tomada em articulação com as autoridades de saúde e resulta das exigências do novo decreto regulamentar do Governo.

“Estamos a encarar a situação com muita serenidade na medida em que temos cumprido com todas as regras desde junho; acionamos o plano de contingência de imediato e está tudo controlado. Vamos cumprir o decreto regulamentar do Governo e encerrar conforme previsto” disse ao Igreja Açores a diretora do Colégio, irmã Domingas Lisboa.

O colégio católico é a primeira escola vítima do novo decreto regulamentar publicado ontem pelo Governo, em articulação com o Representante da República, autoridade que determina as medidas  na Região durante o Estado de Emergência.

O colégio vai ficar encerrado entre segunda-feira, dia 16 de novembro e o dia 1 de dezembro para cumprir a quarentena.

“É um transtorno para toda a comunidade mas as crianças vão continuar a ter aulas on line e todos os docentes e educadoras  vão continuar a acompanhar os seus meninos” disse ao Igreja Açores a Irmã Domingas Lisboa.

“Fizemos um investimento na formação dos docentes nesta área e no nosso plano de contingência já se previa situações como esta de termos de ficar em casa”, sublinha a religiosa que no entanto, não esconde o incomodo pelo facto da instituição ter de encerrar.

“Sempre cumprimos com tudo; a informação tem sido total com os pais e por isso, penso que esta situação será ultrapassada”, acrescentou.

Este não é o primeiro caso positivo numa escola nos Açores, tendo vários casos surgido já em escolas das ilhas Terceira e São Miguel.

Os Açores registaram nas últimas 24 horas 19 novos casos de covid-19, tendo atualmente 173 casos positivos ativos.

Em nota à imprensa, a autoridade de saúde informa que foram feitas 1.641 análises nas últimas 24 horas e diagnosticados 19 casos positivos de covid-19: 14 na ilha de São Miguel, quatro na ilha Terceira e um na ilha do Faial.

Foram ainda registadas oito recuperações, sendo sete na ilha de São Miguel e uma na ilha Terceira.

A Autoridade de Saúde dos Açores indica ainda que que se mantêm ativas oito cadeias de transmissão da doença: três na ilha de São Miguel, duas na ilha Terceira, duas partilhadas entre a ilha de São Miguel e a ilha de São Jorge e uma na ilha de São Jorge.

Até ao momento, foram detetados na região 585 casos de infeção pelo novo coronavírus SARS-CoV-2, que causa a doença covid-19, verificando-se atualmente 319 casos recuperados e 173 casos positivos ativos: 140 na ilha de São Miguel, 19 na ilha Terceira, oito na ilha de São Jorge, três na ilha do Pico, dois na ilha do Faial e outro na ilha de Santa Maria.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.305.039 mortos resultantes de mais de 53,4 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 3.305 pessoas dos 211.266 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.