Serviço Diocesano de Evangelização, Catequese e Missão e responsáveis locais apelam ao “esforço continuado” de prudência

A evolução da situação pandémica na diocese de Angra, que se tem agravado na região, leva a autoridade diocesana a adoptar para a catequese as regras sanitárias em vigor nas escolas.

“Ouvido o Serviço Diocesano da Evangelização, Catequese e Missão e as interpelações dos responsáveis locais da catequese, propomos seguir o mesmo principio da Direção Regional de Saúde para as escolas” adianta uma nota enviada pelo Administrador Diocesano a todos os párocos.

Assim, no primeiro ciclo, desde que haja um caso positivo, “o grupo fica suspenso até que todos os alunos sejam considerados aptos a voltar à sala”; nos restantes ciclos, “cada aluno que teste positivo deve ficar isolado, continuando o grupo a reunir-se”.

“Em casos de contágio alargado será de suspender a catequese até melhoria da situação” acrescenta ainda a nota.

O cónego Hélder Fonseca Mendes lembra que tem sido desenvolvido um “esforço” que deve continuar a prevalecer, elogiando o “trabalho” que tem sido desenvolvido.

“Deve acompanhar-se a situação por cada ilha, considerando os casos mais graves as ilhas de São Miguel e Terceira” e as “menos graves as ilhas do Corvo e Graciosa”.

Esta sexta-feira foram diagnosticados 1.123 novos casos positivos de Covid-19, sendo 804 em São Miguel, 158 na Terceira, 49 no Faial, 43 no Pico, 40 em São Jorge, 13 na Graciosa, 10 em Santa Maria e 6 nas Flores, resultantes de 4.193 testes efetuados.

Em São Miguel, foram registados 330 novos casos positivos no concelho de Ponta Delgada, 321 no concelho da Ribeira Grande, 71 no concelho de Vila Franca, 44 no concelho da Lagoa, 29 no concelho de Nordeste e nove no concelho da Povoação.

A Terceira registou 107 novos casos positivos no concelho de Angra do Heroísmo e 51 no concelho da Praia da Vitória.

O Faial registou 49 novos casos, correspondentes ao concelho da Horta.

No Pico há 29 novos casos positivos no concelho da Madalena, sete no concelho de São Roque e sete no concelho das Lajes.

Em São Jorge foram diagnosticados 33 casos no concelho das Velas e sete no da Calheta.

Na Graciosa foram registados 13 novos casos no concelho de Santa Cruz e em Santa Maria há 10 novos casos, que correspondem ao concelho de Vila do Porto.

Nas Flores existem 4 casos no concelho de Santa Cruz e 2 no concelho das Lajes.

Estão 44 doentes internados, sendo 34 no Hospital do Divino Espírito Santo, em São Miguel (4 em Unidade de Cuidados Intensivos), 8 no Hospital de Santo Espírito da ilha Terceira (3 em Unidade de Cuidados Intensivos) e 2 no Hospital da Horta.

Nas últimas 24 horas foram registadas 498 recuperações.