A publicação com os 161 santuários portugueses deverá sair antes da Páscoa

A história dos 161 santuários existentes em Portugal vai ser contada ao público sob a forma do livro “Santuários de Portugal: Caminhos de Fé” e integra os cinco santuários da diocese de Angra, apurou o Sítio Igreja Açores .

O livro está organizado em 20 capítulos, correspondentes ao número das dioceses portuguesas, e “cada capítulo contém o mapa da diocese, o nome e a localização dos santuários” e também referências a outros “locais de culto” existentes na região.

“Muitas capelas e ermidas não são consideradas como santuários, pela autoridade eclesiástica, mas são assumidas pelo povo como tal. Por isso, tivemos a preocupação de os descrever”, realça o presidente da Associação dos Reitores dos Santuários (ARS), padre Sezinando Alberto, em declarações à Agência Ecclesia.

O sacerdote mostrou-se convicto de que “ainda neste semestre, antes da Páscoa”, a publicação será colocada à disposição das pessoas.

Nesta publicação é apresentada aos leitores a descrição e a origem de cada santuário, através de uma “nota histórica”, e os “pontos de interesse” que têm para oferecer.

“Este é o esquema” do projeto, refere o padre Sezinando Alberto, “o que faz com que seja um livro bastante grande, com cerca de 600 páginas”.

Tendo em conta a relevância que obras deste tipo sempre têm para os investigadores e historiadores, a ARS reservou uma parte de cada capítulo para a colocação da bibliografia que serviu de base para a informação disponibilizada.

 

Ainda no campo da divulgação, o organismo está a preparar o lançamento de catálogos e roteiros dedicados aos santuários, em várias línguas, um trabalho em parceria com o Secretariado dos Bens Culturais da Igreja e com a Obra Nacional da Pastoral do Turismo.

Na Diocese de Angra existem cinco santuários diocesanos: Nossa Senhora da Conceição, Angra do Heroísmo, que de resto já faz parte de uma outra publicação, editada em 2003 pela Intermezzo, intitulada “Santuários Marianos, Nossa Senhora de Portugal; o Santuário de Nossa Senhora dos Milagres, na Serreta, também na ilha Terceira; o Santuário do Santo Cristo da Caldeira, na ilha de São Jorge; o Santuário do Senhor Bom Jesus do Pico, na ilha do Pico e o Santuário do Senhor santo Cristo dos Milagres, em Ponta Delgada. Na ilha de São Miguel há, ainda, a Ermida de Nossa Senhora da Paz, cujo pedido de elevação a Santuário acaba de ser feito pela comunidade de Vila Franca do Campo, ouvidoria onde se situa esta Ermida a onde acorrem inúmeros fieis durante todo o ano, especialmente no dia da Senhora da Paz.