Alfredo Bruto da Costa e José Manuel Pureza vão dialogar sobre as políticas públicas de combate à pobreza e exclusão social e elencar novas estratégias para a erradicação da pobreza.

Realizam-se no próximo dia 13 de Dezembro, em Ponta Delgada, as “Jornadas de Outono”, organizadas pelo Serviço Diocesano de Apoio à Pastoral Social e Mobilidade Humana destinadas a debater o problema da pobreza e da exclusão social.

 

Estas jornadas, as segundas promovidas pelo Serviço da Pastoral Social da Igreja açoriana, vão discutir as novas estratégias para a prevenção e erradicação da pobreza e têm como convidados  Alfredo Bruto da Costa, Professor Universitário e Presidente da Comissão Nacional Justiça e Paz e José Manuel Pureza, investigador do Centro de Estudos Sociais, onde coordena o Núcleo de Humanidades, Migrações e Estudos para a Paz.

 

As jornadas têm dois momentos distintos: o primeiro acontece entre as 14h30 e as 17h00 destinado a debater as políticas públicas no combate à pobreza e o papel das instituições particulares de solidariedade social, e destina-se a um público mais restrito de onde se destacam as misericórdias, instituições de particulares de solidariedade social e movimentos de ação social ligados à igreja.

 

À noite, a partir das 20h30, no auditório da Biblioteca Pública  e Arquivo de Ponta Delgada tem lugar uma conferência com os dois convidados sobre as novas estratégias para a prevenção e erradicação da pobreza.

 

Recorde-se que em maio decorreram em Ponta Delgada as Jornadas de Primavera nas quais se refletiu sobre a crise atual e os contributos da Igreja para um desenvolvimento económico e social sustentável e inclusivo, à luz da Doutrina Social da Igreja. 

 

Manuel Brandão Alves, Professor Catedrático do Instituto Superior de Economia e Gestão de Lisboa; Isabel Allegro de Magalhães, Professora Catedrática da Universidade Nova de Lisboa na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas; João Menezes, docente convidado do ISCTE; Rogério Roque Amaro ,  Professor Catedrático no ISCTE  e José Francisco Portela, Professor Catedrático e Investigador Principal na Universidade de Trás –os-Montes e Alto Douro foram alguns dos convidados.

A Comissão Diocesana de Apoio à Pastoral Social e Mobilidade humana é coordenada pelo Pe Cipriano Pacheco e dela fazem parte Diogo Cymbron, Vitória Furtado, Nuno Ferreira e Artur Martins.