Clero do Pico, do Faial e de São Jorge homenageia bispo emérito de Angra, que preside hoje e amanhã às festas do Senhor Bom Jesus Milagroso

D. António de Sousa Braga foi homenageado esta quarta-feira pelo Clero do Pico pelos 25 anos do seu episcopado, a que se juntaram alguns sacerdotes de outras ilhas.

O vigário-geral leu uma mensagem do Santo Padre, o Papa Francisco, dirigida ao bispo emérito de Angra que “desenvolveu um serviço de proximidade junto do seu presbitério e do seu rebanho”, salientou o ouvidor eclesiástico da ilha Montanha, padre Marco Martinho.

A homenagem decorreu no último dia do novenário preparatório da festa do Senhor Bom Jesus Milagroso do Pico.

“É com alegria que hoje nos unimos a si em ação de graças pelo seu múnus episcopal, ao longo destes 25 anos, mas muito particularmente pelos 20 anos que serviu e conduziu este rebanho diocesano” salientou ainda o sacerdote.

“Dentro deste seu carisma de proximidade com o presbitério e os diocesanos, o Senhor D. António foi um Bispo presente, apesar da dispersão arquipelágica açoriana, circulando por todas as ilhas e suas comunidades, tornando-se querido e amado por este seu povo” disse ainda.

O sacerdote que foi ordenado pelo bispo emérito de Angra, no ano 2000, referiu-se a D.António de Sousa Braga como “um bispo presente, próximo, dialogante e amigo”.

Em nome da comunidade picoense, o Padre Marco Martinho, que é reitor do Santuário diocesano do Senhor Bom Jesus Milagroso, ofereceu uma cruz peitoral em osso de cachalote, “fruto do trabalho árduo dos baleeiros picarotos que a habilidade do artesão transformou em alfaia litúrgica, sinal da fé deste Povo no Senhor Bom Jesus”.

No último dia do Novenário da Festa do Senhor Bom Jesus Milagroso no Santuário de São Mateus no Pico, dia 4, memória de São João Maria Vianney Monsenhor José Constância, pregador das Festas este ano, refletiu a pergunta de Cristo a Pedro – “Pedro tu amas-me?”

“Esta pergunta é feita a cada cristão e a todo o Povo de Deus. Mas é sobretudo uma pergunta dirigida aos Padres e aos Bispos antes da ordenação” afirmou o sacerdote que é vice-reitor do Santuário do Senhor Santo Cristo em Ponta Delgada.

“A resposta dada por Pedro, dada pelo Cura d’ars, pelo Bispo Dom António foi e é :- `Senhor Tu sabes que eu Te amo´”, salientando ainda “a proximidade e a doação” de D. António de Sousa Braga.