Iniciativa conta com 15 sessões semanais, à terça-feira, entre 7 de novembro e 27 de março

A ouvidoria de Ponta Delgada, em parceria com o santuário do Senhor Santo Cristo dos Milagres, vai iniciar esta terça feira07 um curso bíblico intitulado “Bíblia Aberta”. A formação, que se prolonga até dia 27 de março, realiza-se semanalmente à terça feira, às 20h00, em encontros de uma hora e meia, a terem lugar no salão do Santuário do Senhor Santo Cristo dos Milagres, em Ponta Delgada.

As sessões serão orientadas pelo Pe. Marco Bettencourt Gomes e centrar-se-ão no Evangelho de São Marcos, o evangelista do ano, procurando promover uma “Leitura contínua do evangelho, cursiva, crente, comunitária, em ordem à conversão”. Serão baseadas nas publicações Casa da Bíblia, da Editorial Verbo Divino (Navarra), traduzidas e adaptadas por Marco Gomes. A participação é livre e terá certificação final de frequência de curso com a duração total de 20 horas.

O Evangelho de São Marcos é mais antigo, e também o que contém um relato mais interpelante. Os dois eixos que o estruturam “são também aqueles que nós necessitamos aprofundar mais num processo evangelizador. O primeiro é a descoberta de Jesus e o segundo é o discipulado” refere uma nota a que o Sítio Igreja Açores teve acesso.

!A pergunta sobre Jesus atravessa todo o evangelho, mas as respostas dão-se pouco a pouco. Por isso, ler com vagar este evangelho obrigará a perguntarmo-nos pela nossa própria resposta, pessoalmente e como comunidade cristã, e a contrastá-la com as respostas que se vão dando ao longo do evangelho. É muito provável que no final do processo descubramos que temos de rever a imagem que fazíamos de Jesus” adianta ainda a nota.

O outro eixo deste evangelho é o discipulado. Marcos conta o seu chamamento e o seu envio, e apresenta-os caminhando atrás de Jesus. Mas também deixou reflectida a sua incompreensão, as suas dificuldades, a sua fuga.

“Não são heróis remotos, mas discípulos como nós. Por isso, muitas vezes nos identificaremos nas suas respostas a Jesus, nas suas dúvidas e nas suas dificuldades, e com eles faremos o caminho que percorreram os discípulos de todos os tempos” sublinha a nota.

Nesta leitura contínua do evangelho serão combinados dois elementos: antes de cada encontro são lidos alguns capítulos guiados por uma pergunta simples, e que depois serão colocados em comum no início de cada encontro.

A leitura seguida, por outro lado, irá  “ajudar a não perder o fio condutor do relato” refere a nota destacando que a maioria dos crentes “nunca leu um evangelho inteiro seguido, mas passagens soltas que se proclamam na Missa ou que são lidas no início de alguma reunião”. É, também essa experiência que se quer proporcionar para cumprir um itinerário de aprofundamento da fé.

A entrada é livre.