Iniciativa decorre dia 7 de junho no Centro Pastoral Pio XII, em Ponta Delgada

O Serviço Diocesano da Pastoral Social vai promover no próximo dia 7 de junho uma jornada de “reflexão e debate” sobre questões da saúde mental, dependências e pobreza.

“Olhar, refletir e agir” é o tema do encontro que contará com vários especialistas destas áreas, nomeadamente, Filipa Palha da Federação Mundial de Saúde Mental, o médico António Bento, psiquiatra, e o sacerdote, também médico, José Manuel Pereira de Almeida, responsável pelo Secretariado Nacional da Pastoral Social.

O encontro, aberto ao público em geral, decorrerá no Centro Pastoral Pio XII, em Ponta Delgada, a partir das 9h30 .

“Ao longo dos últimos dois anos temos vindo a constatar junto de muitas ouvidorias e paróquias que persistem os problemas que identificamos no inicio de uma avaliação que fizemos sobre as questões sociais. A saúde mental e a integração social são duas questões que continuam a afetar muito as nossas ilhas”, referiu ao Igreja Açores Vitória Furtado, responsável pela pastoral social na diocese de Angra.

“Ambos os assuntos precisam de uma intervenção diferente e que não está ao alcance de todas as paróquias de per si exigindo uma intervenção diferente”, esclarece ainda.

Além dos convidados nacionais, há também a intervenção de vários especialistas regionais na área social estando previstas as intervenções de Fabíola Cardoso sobre a necessidade de uma educação virada para a inclusão social; da Diretora Regional das Dependências, Suzete Frias e Fernando Diogo, docente da Universidade dos Açores, e especialista nas questões sociais, nomeadamente emprego e pobreza.