Comemorações envolvem toda a ouvidoria do Faial

O Pe José Alvernaz, natural do Salão, na ilha do Faial, onde é pároco, assinala hoje as suas bodas de ouro sacerdotais, com uma Eucaristia durante a tarde no centro de Culto desta paróquia e à noite é homenageado.

As comemorações que contarão com a presença de todo o clero da ilha bem como a participação de leigos de todas as paróquias que formam esta zona pastoral da ouvidoria do Faial – Salão, Cedros, Ribeirinha e Pedro Miguel- pretendem “homenagear um homem natural da terra e que tem dedicado tanto do seu serviço às comunidades desta ilha” disse ao Sítio Igreja Açores o ouvidor, Pe Marco Luciano que destacou “sobretudo a grande obra deixada ao nível da pastoral da juventude”.

O Pe José Alvernaz Pereira de Escobar é natural do Salão, tem 74 anos e foi ordenado há 50. Estudou no Seminário Episcopal de Angra, foi secretário pessoal do Bispo de Angra, D, Manuel Afonso Carvalho e paroquiou na Ribeira Seca da Ribeira Grande, na ilha de São Miguel, tendo regressado depois à sua ilha natal. Foi pároco da Ribeirinha e atualmente é pároco do Salão. Uma comunidade da ilha do Faial que atualmente tem como centro de culto o Império do Divino Espírito Santo, depois da sua igreja ter sido destruída pelo sismo de 1998.

Depois de terem começado as obras na paróquia dos Flamengos, “está decidido que a próxima igreja a iniciar a sua construção será a do Salão”, confirmou ao Sitio Igreja Açores o ouvidor, ficando ainda por fazer as duas igrejas de Pedro Miguel e Ribeirinha.