A Rede Mundial de Oração do Papa-Portugal propõe que durante a Quaresma se cultive uma atitude “de alegria espiritual profunda, nascida da fé em Jesus morto e ressuscitado”.

Este ano, num contexto de “tanta incerteza e desânimo” e sendo a Quaresma um “chamamento à conversão”, o objetivo da campanha de oração, que vai decorrer de 17 de fevereiro a 4 de abril de 2021 é promover “uma atitude de conversão à alegria e à esperança”, realça uma nota enviada à Agência ECCLESIA.

Com o tema «A alegria ponha-a eu», as propostas diárias foram escritas pelos estudantes jesuítas e formadores da Comunidade Pedro Arrupe, em Braga, e incluem uma breve passagem da liturgia do dia, algumas reflexões do Papa Francisco, uma breve meditação e um desafio para o dia.

Para participar nesta campanha de oração basta inscrever-se na newsletter diária, ou acompanhar as propostas diárias de oração através do site ou das redes sociais Facebook, Instagram e Twitter.