O Clube dedica-se sobretudo a ações filantrópicas

O Clube de Rotários de Fall River, cidade dos Estados Unidos da América onde reside um grande número de emigrantes oriundos dos Açores, comemora em 2020 o seu centenário, uma organização com “uma forte implantação” na comunidade local.

“Os Rotários têm uma forte implantação e todas as angariações de fundos que fazemos, provenientes de atividades, vão para organizações com necessidades. A nossa função é ajudar a comunidade onde estamos inseridos”, sublinhou Paula Raposo, do Clube de Rotários de Fall River, no estado norte-americano de Massachusetts, em declarações à agência Lusa.

A representante do grupo falava em Ponta Delgada após uma audiência com o presidente do Governo dos Açores, Vasco Cordeiro, tendo a organização endereçado um convite ao chefe do executivo açoriano socialista para “uma visita aos rotários de Fall River por ocasião do centenário, que será celebrado a 14 de novembro de 2020”.

A delegação que está em São Miguel é composta por 17 elementos do Clube de Rotários de Fall River está a realizar uma deslocação social à maior ilha dos Açores, onde vão visitar o clube irmão de Ponta Delgada.

O Rotary Club de Fall River está irmanado com o Rotary Club de Ponta Delgada, desenvolvendo iniciativas de carácter social, no âmbito dos objetivos de serviço e de solidariedade que caracterizam o movimento.

Natural de São Miguel, mas a residir em Fall River desde 1960, Paula Raposo destacou a importância da deslocação ao arquipélago de instituições ligadas às comunidades açorianas, salientando que os Rotários de Fall River apoiam o trabalho de várias organizações.

“Os rotários dão anualmente bolsas de estudo, mas por ocasião do centenário iremos atribuir entre 15 a 20 bolsas de estudo para alunos que terminaram o liceu e vão ingressar na universidade e que seguem a missão dos Rotários”, adiantou ainda.

(Com Lusa)