O sacerdote vai estar na ilha animando iniciativas que  decorrem entre 13 e 17 de abril

O superior provincial dos Missionários Combonianos em Portugal, Pe José da Silva Vieira, será o pregador convidado da 52ª Semana de Oração pelas Vocações que decorre entre esta segunda feira e o dia  17 abril na ouvidoria da Horta, numa iniciativa do secretariado da pastoral vocacional na ilha do Faial.

O programa começa com uma Vigília de Oração no dia 13 de abril, pelas 20h00, na Ermida de Nossa Senhora de Fátima, na Ribeira Funda, na paróquia dos Cedros. Segue-se no dia 15, um encontro com jovens na Cripta da Igreja da Conceição, às 20h00 e, no dia 16, encontro com a equipa sacerdotal da ouvidoria, de manhã, e à noite, reunião com os casais envolvidos na pastoral familiar na Igreja do Carmo, na Horta. Além destes encontros, o Pe José Vieira participará em sessões com jovens das escolas do Faial que frequentam a disciplina de Educação Moral e Religiosa Católica.

Em declarações ao Sítio Igreja Açores, o responsável faialense pela pastoral vocacional, Pe Bruno Rodrigues,  afirmou que se trata de uma “oportunidade para divulgar outras formas de vida consagrada”, sobretudo neste ano dedicado à Vida Consagrada.

“As pessoas estão mais familiarizadas com o sacerdócio mas esquecem-se por vezes dos religiosos que são tão importantes no trabalho com as comunidades”, frisa o sacerdote lembrando que a ouvidoria “tem tido uma preocupação grande em mostrar outras formas de consagração”.

Neste período em que o próprio seminário “também é muito ativo” já passaram pela horta “Irmas religiosas que deram testemunho de vida e de fé”, lembra o Pe Bruno Rodrigues ressalvando, por exemplo, a passagem de uma Serva de Nossa Senhora de Fátima.

“Nesta quinzena procuramos agendar encontros com Jovens, promovemos pelo menos uma vigília vocacional e dinamizamos atividades em toda a ouvidoria”, sublinhou ainda o responsável pela pastoral vocacional no Faial, que este ano vai ter como convidado “especial” um missionário comboniano.

O Pe José da Silva Vieira é superior provincial dos Missionários Combonianos em Portugal e conduz os detinos desta congregação religiosa desde janeiro de 2014

Para trás deixou o Sudão do Sul,  onde trabalhava desde 2006.

José da Silva Vieira é natural de Cinfães, Diocese de Lamego e Distrito de Viseu, onde nasceu a 4 de fevereiro de 1960, tendo frequentado os seminários combonianos de Vila Nova de Famalicão, Maia, Coimbra e Santarém.

O missionário comboniano fez os estudos de Teologia no Missionary Institute London, em Inglaterra, sendo ordenado sacerdote no dia 19 de junho de 1987.

Depois de um primeiro período de trabalho apostólico, de 1985 a 1992, na redação das revistas combonianas Além-Mar e Audácia, o padre José Vieira foi missionário na Etiópia de 1993 a 2000, ano em que regressou a Portugal, para retomar a direção das revistas até 2006.

Em novembro de 2006, o padre José Vieira partiu como missionário para o Sudão com o objetivo de se dedicar ao projeto da criação da Rede de Rádios Católicas do Sudão.

Dedicou-se a este projeto, em colaboração com as Missionárias Combonianas, até dezembro de 2013, em Juba, a capital do Sudão do Sul, de onde regressa agora para coordenar as atividades dos Missionários Combonianos em Portugal.

Presentes em Portugal desde 1947, com comunidades em Viseu, Maia, Vila Nova de Famalicão, Coimbra, Calvão, Santarém, Camarate e Lisboa, os Missionários Combonianos são um instituto exclusivamente missionário, que se dedica à evangelização em quatro continentes (Europa, África, Américas e Ásia), com uma particular e longa história de presença em África.

O Instituto foi fundado em Verona, Itália, no ano de 1867, por S. Daniel Comboni, primeiro bispo de Cartum, a atual capital do Sudão.

Os Missionários Combonianos naturais de Portugal são 93: 70 sacerdotes e 23 Irmãos missionários.

Em Portugal trabalham atualmente 33 sacerdotes e 10 irmãos; os restantes 50 são missionários na África, Américas e Ásia.