Festa do Senhor Santo Cristo começou hoje em Ponta Delgada, com o inicio do tríduo preparatório. Sem peregrinos presentes, todas as celebrações terão transmissão em direto na RTP Açores

O Vice-reitor do Santuário afirmou esta tarde que a devoção ao Senhor Santo Cristo não pode ser uma abstração. Na homilia da missa a que presidiu, no primeiro dia do tríduo preparatório da festa, que tem as duas celebrações mais importantes no próximo fim-de-semana, monsenhor José Constância exortou os peregrinos a seguirem “o coração, o estilo de vida e a mensagem” deixada por Jesus.

“Ele é o caminho, a verdade e a vida. Desde o inicio vemos que os cristãos eram os que faziam a via, o caminho, isto é, Jesus não era uma abstração era alguém que influenciava a sua vida, os seus comportamentos” salientou Monsenhor José Constância.

“A imitação é difícil,  mas o seguimento de Cristo, daquilo que foi o seu coração, o seu estilo de vida,  pode ser também o nosso caminho, o caminho de cada um” destacou o sacerdote.

“Não somos devotos do Santo Cristo por uma questão de gula espiritual; somos devotos porque assumimos o compromisso de sermos cristãos e de o sermos em conjunto porque seguimos a Deus” , afirmou Monsenhor José Constância na celebração sem peregrinos, apenas com a presença da comunidade de religiosas de Maria Imaculada, residentes no Convento da Esperança.

“Oxalá que a nossa devoção ao Senhor nos leve à descoberta da pessoa de Jesus;  nos leve a uma Igreja mais unida, que dialoga, que conversa mas que faz sobretudo o caminho de Jesus” afirmou.

“Conversemos intimamente com Ele e redescobramo-Lo para que Ele seja uma presença na nossa vida” frisou.

“Todos nós que somos devotos somos chamados a viver o nosso caminho concreto, com alegrias e tristezas e incertezas do tempo atual, mas fazemos o caminho” referiu destacando a caminhada sinodal em que a diocese se encontra e que convoca todos os cristãos açorianos a viver este tempo de sinodalidade.

As festas do Senhor Santo Cristo são, a par das festas do Espirito Santo, as mais importantes do arquipélago. Este ano, pelo segundo consecutivo, a Festa não contará com a presença de fieis mas terá transmissão em direto na RTP Açores.

“Todos os caminhos vêm dar ao campo do Senhor. Dada a pandemia não nos podemos dirigir aqui fisicamente, mas os nossos olhares os nossos corações estão fixos na imagem do Senhor Santo Cristo”, cientes de que Jesus “é o caminho, a verdade e a vida da nossa esperança”.

“Hoje graças à RTP Açores podemos estar unidos”, concluiu.

O tríduo prossegue até quinta-feira. No sábado; ás 16h00, haverá um momento de celebração da palavra e no domingo a Missa será presidida pelo bispo de Angra.

 

(Esta notícia foi corrigida às 14h30 de dia 5 de maio)