Pelo Pe José Júlio Rocha.

«Digo-vos a vós que Me escutais: amai os vossos inimigos, fazei bem aos que vos odeiam, abençoai os que vos amaldiçoam, orai por aqueles que vos injuriam. A quem te bater numa face, apresenta-lhe também a outra». (Lucas 6, 27-29)
Há páginas dos Evangelhos que, de bom grado, rasgaríamos e a fé seria um caminho fácil. Esta passagem é uma delas.
Este é um ideal cristão a que chamamos perfeição no amor. É uma das nossas marcas de água: amar os inimigos e dar a outra face. Esta é a verdadeira vitória do cristão.
Muitas vezes o nosso maior inimigo somos nós mesmos.