Pelo Pe José Júlio Rocha.

«Em verdade vos digo: se não vos converterdes e não vos tornardes como as crianças, não entrareis no Reino dos Céus. Quem for humilde como esta criança, esse será o maior no Reino dos Céus.» (Mateus 18, 3-4)
Quando Jesus nos convida a sermos como crianças não é para sermos imaturos nem inocentes. É um convite à humildade e a uma profunda dependência de Deus e da Sua Graça.
Tal como uma criança pequenina precisa dos pais, nós precisamos da Graça de Deus.
Uma criança está em paz ao colo da mãe. Nós encontramos a paz no colo de Deus.