Pelo Pe José Júlio Rocha.

«A que hei de comparar o Reino de Deus? É semelhante ao fermento que uma mulher tomou e misturou em três medidas de farinha, até ficar tudo levedado». (Lucas 13, 20-21)
O Evangelho de hoje apresenta-nos duas pequenas parábolas do Reino dos Céus: o grão de mostarda e o fermento na massa. Falam do crescimento misterioso da Graça nos nossos corações e nas comunidades.
A Graça de Deus é a Sua misteriosa ação no mundo. Deus atua no mundo escondido na história e na nossa existência.
Nunca saberemos da força da Sua Graça. Sejamos dóceis à voz do Espírito.