Pelo Pe José Júlio Rocha.

«Chorareis e lamentar-vos-eis, enquanto o mundo se alegrará. Estareis tristes, mas a vossa tristeza converter-se-á em alegria». (João 16, 20)
Como converter a tristeza em alegria, eis o grande desafio. Como converter as lágrimas em sorriso, a revolta em paz?
Toda a vida e missão de Jesus foi devotada a transformar a tristeza fundamental da humanidade numa alegria que é o alicerce de toda a existência. O Reino dos Céus, objetivo de Jesus, é assim resumido: “Os cegos veem e os coxos andam, os leprosos ficam limpos e os surdos ouvem, os mortos ressuscitam e a Boa-Nova é anunciada aos pobres.” (Mateus 11, 5)
Sentir o que Jesus sentia, sorrir como Jesus sorria… dá trabalho, mas vale a pena.