Pelo P.e José Júlio Rocha.

Quem diz que está na luz e odeia o seu irmão ainda se encontra nas trevas.
Quem ama o seu irmão permanece na luz e não há nele ocasião de pecado. (1ª João 2, 9-10)
O amor é a medida de todas as coisas. Não vale a pena darmos a volta à questão: se a nossa fé não for transida de amor, não é fé nem é nada.
E o amor vive-se nos pequenos gestos, nos pequenos passos do dia a dia.
Não deixemos que o egoísmo e o medo envenenem a nossa fé.