Pelo P.e José Júlio Rocha.

Jesus dizia ainda: «A que havemos de comparar o Reino de Deus? Em que parábola o havemos de apresentar?» (Marcos 4, 30)
Jesus é um contador de histórias incomparável. A simplicidade e clareza das Suas parábolas ilumina e explica muito bem a mensagem que quer transmitir e o Reino dos Céus que quer implantar na Terra.
Parábolas como a do Bom Samaritano, do Pai Misericordioso, do Rico e do Lázaro, do Grão de Mostarda, entre outras, dão-nos uma clara ideia da missão de Jesus.
Sejamos também simples e claros na nossa linguagem. Sobretudo quando queremos demonstrar a nossa fé.