Pelo Pe José Júlio Rocha.

Pedro desceu do barco e caminhou sobre as águas, para ir ter com Jesus.
Mas, sentindo a violência do vento e começando a afundar-se, gritou: «Salva-me, Senhor!». (Mateus 14, 29-30)
Esta é, muitas vezes, a imagem da nossa vida: caminhar sobre as águas, ultrapassar dificuldades, vencer obstáculos, ter fé.
Às vezes afundamos, ou julgamos afundar-nos no turbilhão de incertezas e dores. Às vezes a nossa vida parece não encontrar o equilíbrio que a mantenha acima do abismo.
Jesus está lá, aí mesmo. Ele dá-nos a mão.