Cardeal Tolentino Mendonça preside às Festas do Senhor Santo Cristo dos Milagres

O ano de 2020, durante o qual decorrerá o primeiro momento da caminhada sinodal da diocese de Angra, ficará marcado por vários acontecimentos de entre os quais se destacam a ordenação sacerdotal de seis diáconos saídos do Seminário Episcopal de Angra e a presidência, pela primeira vez, das Festas do Senhor Santo Cristo dos Milagres pelo Cardeal D. José Tolentino Mendonça.

Embora ainda não tenha lugar definido, este ano, no dia 28 de junho decorrerá a ordenação sacerdotal de seis diáconos, todos alunos do 6º ano do Seminário Episcopal de Angra, naquela que é a segunda grande avalanche de ordenações na diocese depois do ano jubilar de 2000 em que foram ordenados 10 sacerdotes de uma só vez.

No rescaldo das comemorações do 60º aniversário de elevação a santuário diocesano o destaque vai também para a festa do Senhor Santo Cristo que será presidida pelo cardeal português D. José Tolentino Mendonça, poeta e biblista, a 16 e 17 de maio, em Ponta Delgada.

Outro dos eventos que vai marcar esta segunda metade do ano pastoral, no primeiro semestre de 2020, é a assembleia que reunirá os dois conselhos- Presbiteral e Pastoral Diocesano- em Ponta Delgada de 30 de abril a 3 de maio. Este encontro, que se realizará no centro Pastoral Pio XII, procurará fazer uma síntese dos documentos e posições que forem elaborados pela Comissão Coordenadora da caminhada sinodal que a diocese encetou, procurando encontrar chaves de leitura para  as questões levantadas:  a cultura contemporânea, a situação económica e social dos Açores e a Igreja nos Açores. Trata-se de um encontro inédito que juntará os conselheiros destes dois conselhos, pela primeira vez, pois habitualmente os conselhos reunem-se em separado.

Já em Janeiro, a diocese de Angra viverá um mês intenso, com várias realizações.

Este fim de semana haverá a celebração da Infância Missionária, em várias ilhas, e no dia 8 D. João Lavrador inicia uma visita pastoral à Graciosa. Nas Capelas, ouvidoria da ilha de São Miguel, realizam-se de 13 a 15 de janeiro as Jornadas Bíblicas, sobre as Cartas de São João e a 16 e 17 realizam-se as jornadas formativas do Instituto Católico de Cultura, em Ponta Delgada sobre os Desafios Sócio-Económicos de hoje e a Economia Solidária, bem como as I Jornadas de Liturgia no Corvo.

Destaque ainda em janeiro para a Semana de Oração pela Unidade dos Cristãos e para o retiro anual dos Romeiros em São Miguel, na Escola da Ribeira Grande, no dia 19.

Ainda em São Miguel, no dia 27 começa o primeiro turno do retiro do Clero e as Jornadas de Liturgia em São Miguel, de 28 a 30 de janeiro

O mês de fevereiro começa com uma Vigilia de Oração pelos Consagrados na noite do dia1 de fevereiro e a 3 viverá o segundo turno do Retiro do Clero, em Angra. No mesmo dia começam as jornadas Bíblicas do Pico e as jornadas formativas da catequese em Ponta Delgada. De 4 a 6 será a vez da ilha das Flores receber as segundas Jornadas de Liturgia. No Dia 9 assinala-se o 5 º aniversário do novo Cabido da Sé escolhido e empossado em fevereiro de 2015.

No dia 12 de fevereiro haverá o segundo Encontro Diocesano de Reitores de Santuários e no dia 21 a Recoleção da Quaresma para o clero da Vigararia do Ocidente, na Horta, uma formação que se repete no dia 26 na Terceira e no dia 27 em Ponta Delgada. Este ano o orador será o Pe. José Júlio Rocha, doutor em Teologia Moral.

No dia 29, começam as Romarias Quaresmais em São Miguel, durante as quais 54 ranchos, incluindo da diáspora açoriana, percorrerão as principais estradas de São Miguel.

Em março, e durante a Quaresma os retiros serão dominantes: bispos e movimentos de apostolado promovem os seus retiros quaresmais, com destaque para o retiro do Movimento da Mensagem de Fátima em São Miguel, a 7 de março, e o retiro dos catequistas de São Miguel nas Capelas, ou ainda o retiro do Movimento Carismático em Ponta Delgada a 7 e 8 de março.

No dia 11, o prelado inicia uma visita pastoral a São Jorge e no dia 16 haverá Jornadas de Liturgia no Pico. De 25 a 27 realizam-se as jornadas de Teologia no Seminário.

Em Abril comemora-se o Dia Mundial da Juventude, com várias iniciativas diocesanas em São Miguel e na Terceira. Na Semana Santa decorrerão as celebrações habituais com a Celebração da Eucaristia com a Renovação das promessas Sacerdotais para o Clero da Vigararia do Nascente no dia 6 de abril, pelas 12h00 na Matriz de Ponta Delgada. No dia 7 a mesma celebração decorrerá no Pico e no dia 8, o bispo celebrará a Missa Crismal na Sé de Angra, prosseguindo depois com as celebrações próprias da Semana Santa: celebração da ceia do Senhor, Paixão e morte do Senhor e Vigilia Pascal. As celebrações presididas pelo bispo de Angra, na Catedral terminam com a celebração do domingo da Ressurreição e missa de Páscoa.

Na primeira semana da Páscoa realiza-se no Pico o terceiro e último turno do Retiro do Clero diocesano, que decorrerá no Santuário do Senhor Bom Jesus, em São Mateus.

Ainda no mês de abril, destaque para a celebração do primeiro Dia Diocesano da Familia, que decorrerá a 26 de abril em Vila Franca do Campo. É nesse dia que começa a Semana de Oração pelas Vocações.

Em maio, o destaque vai naturalmente para a Festa do Senhor Santo Cristo dos Milagres, em Ponta Delgada e para a comemoração dos 300 anos do voto ao Espírito Santo do Império da Silveira no Pico. Trata-se do único Império cujo dia principal é o sábado.

Da agenda para a segunda metade do ano pastoral que termina em julho há ainda a destacar as Festas do Divino Espírito Santo, entre o Pentecostes e o domingo da Trindade, particularmente nas ilhas do grupo central.

O ano pastoral terminará com as ordenações sacerdotais a 28 de junho.