Papa anunciou hoje o tema mariano, a partir do Evangelho de São Lucas: “Maria levantou-se e partiu apressadamente”. A JMJ de 2022 será em Lisboa

O Papa Francisco anunciou hoje que as Jornadas Mundiais da Juventude, que vão decorrer em Lisboa, em 2022, terão como tema “Maria levantou-se e partiu apressadamente”, uma passagem do Evangelho de São Lucas.

“A próxima edição internacional das Jornadas Mundiais da Juventude será em Lisboa, em 2022. Para esta etapa de peregrinação intercontinental dos jovens escolhi como tema ‘Maria levantou-se e partiu apressadamente'”, afirmou Jorge Bergoglio, no Vaticano.
Para o bispo de Angra a proposta é “muito desafiadora” porque “se ajusta não só ao contexto por estarmos numa terra mariana- Portugal é mariano- mas porque a condição de Nossa Senhora, uma jovem que disse sim sem reservas- deve ser uma estimulo para os jovens de hoje”.

Em declarações ao Sítio Igreja Açores D. João Lavrador sublinha a importância da palavra “levantar” que funciona simultaneamente como um desafio e uma atitude.

“É necessário que o jovem, os jovens, se levantem e olhem por cima de uma sociedade, que tantas vezes aparece como medíocre. É preciso que o jovem seja pioneiro e intervenha no mundo em ordem à sua transformação”, acrescentou o prelado diocesano.

“Só com jovens levantados podemos construir o futuro: o jovem é o já e o agora da igreja mas também é o já e o agora da evangelização”, disse ainda D. João Lavrador, destacando que este repto do Santo Padre é “sem dúvida muito oportuno porque exorta o jovem a sair de si e a ir ao encontro do outro, tal como Maria fez, quando partiu ao encontro da sua prima”.

Durante o discurso aos jovens, durante o qual anunciou o tema preparatório da JMJ de 2022, o líder da Igreja Católica manifestou a intenção de que este tema promova uma harmonia entre o itinerário para a próxima JMJ e o caminho da Igreja Católica após o sínodo dedicado às novas gerações.
No final da Jornada Mundial da Juventude 2019, que decorreu entre 22 e 27 de janeiro na Cidade do Panamá, foi anunciado o nome da cidade de Lisboa como a próxima capital da juventude católica de todo o mundo em 2022.
As Jornadas Mundiais da Juventude (JMJ) são consideradas o maior evento organizado pela Igreja Católica.
Reagindo ao anúncio do Papa, o cardeal-patriarca de Lisboa, Manuel Clemente, disse que o tema convoca à ação, mais do que a uma atitude de observação.
“Muitos somos mais espetadores do que atores e, evangelicamente, não pode ser assim. Por isso a escolha do Papa sobre este tema”, disse o cardeal à Manuel Clemente à agência Ecclesia, sublinhando que os jovens estão disponíveis para “ir ao encontro dos outros e fazerem da sua vida algo muito bonito, não só para si, mas para os outros”.
Hoje foram também conhecidos os temas das jornadas de 2020 (“Jovem, eu digo-te, levanta-te!”) e 2021 (“‘Levanta-te! Eu te constituo testemunha do que viste!”).