Iluminação da fachada do Convento da Esperança foi acesa às 21h00, ao som do hino do Senhor Santo Cristo entoado pela Filarmónica Triunfo da Ribeira Grande

O bispo de Angra acaba de presidir à cerimónia de abertura da Festa do Senhor Santo Cristo dos Milagres, que começou com a inauguração das luzes que ornamentam a fachada do Convento da Esperança onde se situa o Santuário do Senhor Santo Cristo dos Milagres, em Ponta Delgada, e desafiou os peregrinos a viverem esta festa “em plena fraternidade”.

“Que a luz que agora se acendeu seja um sinal dessa luz interior que Deus quer comunicar e nos comunicou através do seu filho e que hoje continua a conduzir-nos na luz da verdade e do amor”, disse D. João Lavrador.

O prelado desejou boas festas a todos os peregrinos e deixou uma palavra para o presidente da festa o Cardeal Patriarca de Lisboa D. Manuel Clemente, que é o metropolita da diocese de Angra.

“Para nós é uma grande honra termos connosco aquele que periodicamente se encontra com o Santo Padre e como cardeal é chamado a ajudar o Santo Padre no governo da igreja, ele que conhece muito bem o que é o espirito e a religiosidade açoriana e, por isso, nos ajudará a aprofundarmos a nossa consciência de sendo cidadãos nos sentirmos irmanados no bem comum e a exigência que é sermos hoje fieis a Deus e a evangelizarmos este nosso mundo”, disse ainda D. João Lavrador.

A festa do Senhor Santo Cristo é a maior festa religiosa de São Miguel, e a par das festas do Divino Espirito Santo, uma das marcas identitárias do povo açoriano.