O nobel da Paz é bispo emérito de Dili

O bispo católico timorense Ximenes Belo vai marcar presença nas XV Grandes Festas do Dívino Espírito Santo de Ponta Delgada, uma celebração, disse hoje o autarca local, em que “o protagonista é o povo”.
“O protagonista destas festas é o povo”, que entre 05 e 08 de julho fará de Ponta Delgada uma cidade de “saudade e cultura”, que terá em Ximenes Belo uma personalidade para “melhor compreender a mensagem do Espírito Santo”, sublinhou em conferência de imprensa o presidente da Câmara Municipal de Ponta Delgada, José Manuel Bolieiro.
As festas arrancam em 05 de julho, quinta-feira, com uma conferência inaugural proferida por Ximenes Belo, Prémio Nobel da Paz em 1996.
As cerimónias, sublinha Bolieiro, são centrais para os açorianos, em concreto os micaelenses, mas são também uma “referência para os não residentes”, para “a açorianidade” espalhada mundo fora, nomeadamente no Brasil, Estados Unidos e Canadá, com uma grande rede de açorianos e descendentes de cidadãos da região.
Concertos, lançamento de livros, um concurso de massa sovada, a típica partilha de sopas do Espírito Santo e uma missa de coroação, presidida por Ximenes Belo e a decorrer no domingo, dia 08, são outros dos destaques da programação das festas.

(Com Lusa)