Angra do Heroísmo assinala esta sexta feira o seu 481º aniversário

O Colégio de Santa Clara, em Angra do Heroísmo, na ilha Terceira vai ser distinguido com a Medalha de Mérito Municipal Cultural pela passagem do 50º aniversário, na cerimónia comemorativa dos 481 anos da Cidade, que decorre esta sexta feira no Salão Nobre dos Paços do Concelho, na qual a diocese se fará representar pelo Vigário Geral, Cónego Hélder Fonseca Mendes.

Em declarações ao Sítio Igreja Açores a Diretora deste estabelecimento de ensino católico, Irmã Helena Godinho, disse tratar-se de “uma recompensa e de um reconhecimento pelo serviço que ao longo de meio século temos desenvolvido em prol das crianças da ilha Terceira”.

A distinção foi aprovada na Reunião de Câmara do dia 3 de julho e visa sublinhar os serviços prestado por esta instituição de ensino no concelho.

Embora esteja sedeado em Angra, a verdade é que este “projeto educativo de excelência”, que tem por base a promoção dos valores cristãos junto dos mais pequenos, envolvendo as famílias, tem tido entre os seus alunos crianças provenientes de outras zonas, de fora da cidade património.

O estabelecimento de ensino, orientado pelas Irmãs Franciscanas Hospitaleiras da Imaculada Conceição comemora este ano 51 anos de atividade ininterrupta, contando atualmente com cerca de 400 alunos, entre creche, jardim de infância, primeiro e segundo ciclos.

Ao longo dos anos, o Colégio desenvolveu inúmeras atividades que marcaram a Ilha Terceira e, por vezes, os Açores, mantendo sempre uma forte ligação com a comunidade local. Veja-se o caso da participação sistemática nas marchas infantis das sanjoaninas nas quais o Colégio se tem empenhado particularmente ajudando a consolidar este importante cartaz turístico ou em provas desportivas, nomeadamente a ginástica, onde o Colégio de Santa Clara tem dado cartas.

Educar e ensinar é o lema da Congregação religiosa que dirige o colégio, procurando sempre promover um ensino com valores.

O Colégio de Santa Clara nasceu do sonho de Clara Martins Coelho, religiosa natural dos Biscoitos que pediu a uma professora amiga que encontrasse condições para abrir uma escola.

A Congregação das Irmãs Franciscanas Hospitaleiras da Imaculada Conceição, cuja fundadora é a Beata Maria Clara do Menino Jesus, aceitou o desafio.

O Colégio deve o seu nome a Santa Clara de Assis, fundadora da Ordem das Clarissas, é uma escola católica franciscana hospitaleira e , por isso,  “a sua pedagogia caracteriza-se pelo Amor, Acolhimento e Alegria e fundamenta-se no testemunho, pessoal e comunitário, de humildade, simplicidade, abertura e hospitalidade”.

A Medalha de Mérito Municipal Cultural será recebida pela diretora da instituição que se fará acompanhar de outras religiosas Franciscanas Hospitaleiras da Imaculada Conceição.

A cerimónia que vai distinguir outras instituições e personalidades contará com uma conferência intitulada “Os Açores face às tendências do turismo internacional” , pelo Professor Universitário Carlos Santos, do departamento de Economia e Gestão da Universidade dos Açores e presidente do Observatório do Turismo dos Açores.

Durante a sessão comemorativa do 481.º aniversário da cidade de Angra, que comemora este ano o 31º aniversário da declaração de Património Mundial da Humanidade, pela UNESCO, serão também distinguidas os melhores alunos do concelho.

O programa de amanhã integra também um concerto da Filarmónica Recreio Serretense e fogo-de-artifício na Praça Velha (00h00).

As comemorações do aniversário da cidade arrancam hoje com o lançamento do livro “Anticihclone” e a inauguração da exposição de Sandra Rocha, que terá lugar 20h30, na Câmara Municipal de Angra do Heroísmo.
As celebrações prosseguem no sábado com “Baterias ao Luar”, uma iniciativa organizada pelo Museu de Angra do Heroísmo, que vai decorrer no Monte Brasil a partir das 19h30.

Também no sábado, pelas 20h30, terá lugar o espetáculo “Cantar os Açores” pelo Grupo Cultural de Santa Catarina de Castelo Branco (ilha do Faial).
As celebrações do 481.º aniversário de Angra encerram no domingo com o evento Angra Sunset com os DJ’s K7 e Nelson Bernardo (Praça Velha, às 17h30) um concerto de música clássica na Igreja do Castelo de São João Baptista (20h00) e, ainda, um concerto do grupo Pó de Palco (Praça Velha, pelas 21h30).