Bispo de Angra está em Fátima para participar na reunião que irá discutir entre outras questões relacionadas com as celebrações religiosas no verão

A Conferência Episcopal Portuguesa (CEP) vai reunir-se de 12 a 15 de abril para a sua 200.ª Assembleia Plenária.

O Secretariado-Geral da CEP informa, em comunicado enviado à Agência ECCLESIA, que os bispos católicos vão promover uma reflexão sobre “a situação de pandemia e possíveis novas orientações”.

Os trabalhos contam com participação presencial, na Casa de Nossa Senhora das Dores do Santuário de Fátima, e por via digital, devido aos condicionamentos da pandemia.

A CEP vai estudar a implementação do documento do Papa que permite instituição de mulheres no ministério de acólito e leitor e sobre a criação de “novos ministérios” na Igreja Católica.

A Assembleia Plenária aborda ainda a missão dos diáconos permanentes, como ministros da “caridade na proximidade” e um itinerário de “iniciação à vida cristã” com as famílias, crianças e adolescentes.

Os  25 anos da Peregrinação Nacional dos Acólitos e a Jornada Mundial da Juventude Lisboa 2023 são outros temas em agenda.

A Assembleia Plenária vai começar pelas 16h00 da próxima segunda-feira, com o discurso de D. José Ornelas, bispo de Setúbal e presidente da CEP, acompanhado pela Agência ECCLESIA.

A 15 de abril, pelas 14h30, decorre a conferência de imprensa no final dos trabalhos.

(Com Ecclesia)