Aniversário reúne todas as conferências vicentinas da ilha Terceira

A Conferência Vicentina de São Tomás de Aquino, sediada no Seminário Episcopal de Angra do Heroísmo, celebra esta terça feira, dia 20, 60 anos de vida ativa na assistência aos mais necessitados.

O programa comemorativo começa às 18h30 com uma Eucaristia Solene , na Capela de Nossa Senhora da Natividade, no Seminário , que será presidida pelo Bispo de Angra, seguindo-se às 19h30 uma sessão solene.

Uma hora depois haverá um jantar de confraternização que tem a particularidade de ser participado por todos os assistidos da conferência e as direções das restantes 14 conferências da ilha Terceira. No final do encontro serão distribuídos cabazes a todas as conferências da ilha.

A Conferência Vicentina de São Tomás de Aquino, foi fundada a 20 de Janeiro de 1955 e teve como primeiro presidente o Pe José Garcia, sendo o assistente espiritual o então, ainda sacerdote, José Enes.

A conferência foi fundada pelos alunos do quarto ano de teologia, do Seminário Episcopal e no dia em que foi constituída foi também iniciado um costume que até hoje se mantém, o chamado “Pobre dos pobres”.

Esta tradição consiste na visita diária ao Santíssimo Sacramento por dois ou mais confrades que deverão, segundo a acta nº 1, pedir a Deus pela Sociedade de São Vicente de Paulo, pela Santa igreja, por Portugal e pelo Santo Padre.

Volvidos 60 anos esta conferência “mantém plena atividade, contando com 17 membros. Todos os seminaristas são vicentinos”.

Por trimestre, são feitas mais de 30 assistências. A conferência vive de donativos de vários sacerdotes e outros benfeitores que a auxiliam monetariamente.

Para este dia, além dos assistidos, foram convidados todos os benfeitores e as direções de todas as conferências da ilha, do Conselho Central da Ilha Terceira e das demais instituições com as quais trabalha em rede, nomeadamente o Banco Alimentar da ilha Terceira.

 

(CR/colaboração de Jacob Vasconcelos)