Mais de meia centena de elementos do CNE participaram nas celebrações de Domingo de Ramos

O Dia Mundial da Juventude, na ouvidoria do Pico, foi celebrado em clima de festa coincidindo com o dia do Núcleo do CNE na ilha montanha.

A iniciativa que juntou a pastoral juvenil da ouvidoria com a junta de núcleo do Pico do Corpo Nacional de Escutas, teve inicio no sábado pelas 20h30 com uma vigília de oração na igreja paroquial de Nossa Senhora das Dores. Nela além da oração, da adoração, do canto, houve espaço para o testemunho aos jovens participantes da irmã Filomena Pavão e do casal Carlos e Rute Elias, informa uma nota enviada ao Igreja Açores.

No domingo, logo de manhã, foi a vez de as crianças e jovens escuteiros, participarem numa caminhada pela freguesia. Nela conheceram ou redescobriram a Criação Velha, responderam a algumas perguntas sobre o lugar, de olhos postos nas questões ambientais. Aliás, a proteção da natureza deu mote a todas as atividades do Dia Mundial da Juventude na ilha do Pico.

De acordo com a nota enviada ao Igreja Açores,  a iniciativa que contou também com a colaboração da Câmara Municipal da Madalena,  que instalou ecopontos e placards informativos na sala da Casa do Povo,onde decorreram as atividades lúdicas, foi muito participada e teve sempre em conta esta perspetiva ecológica, abolindo o uso de plásticos em todo o convívio.

As celebrações religiosas foram presididas pelo ouvidor eclesiástico da ilha, Pe. Marco Martinho, e concelebradas pelo clero da ilha, tendo a presença de religiosas, seminaristas, escuteiros, jovens, de todos os lados, povo de Deus.

Na tarde de domingo, a festa do Dia Mundial da Juventude prosseguiu na Casa do Povo da Criação Velha, com a apresentação e partilha de músicas, encenações, jograis alusivos ao lema proposto para este dia a nível diocesano. No final foram conhecidos os “Escuteiro do Ano”, uma iniciativa para distinguir em cada agrupamento da ilha o escuteiro que será destacado no cumprimento da sua Promessa.