D. Manuel Clemente celebrou missa dos 500 anos da Diocese.

O patriarca de Lisboa celebrou esta quinta-feira, na Sé do Funchal, a missa evocativa dos 500 anos da Diocese madeirense, criada pelo Papa Leão X em 1514.

 

Na homilia da eucaristia, publicada no site da Diocese do Funchal, D. Manuel Clemente enalteceu o “modo” como a “Igreja local” e a “presente diáspora madeirense tem vivido e alargado exemplarmente um modo particular e generoso de ser cristão, na comunhão com as Igrejas portuguesas” e “em profunda união com o sucessor de Pedro”.

 

“Se viver em ação de graças é dever e constância de qualquer alma cristã, meio milénio de Igreja constituída há-de sê-lo muito especialmente”, referiu o patriarca, que recordou os “trinta e dois bispos” que ao longo dos últimos cinco séculos orientaram as comunidades católicas do Funchal e elogiou a vivência das famílias madeirenses.

 

“Por experiência própria o confirmo, que em tantas famílias madeirenses encontrei o esteio mais sólido duma convivência cristã geradora de vocações laicais, religiosas e sacerdotais de grande qualidade e comprovação, em benefício da sociedade e da Igreja”, sublinhou.

 

D. Manuel Clemente sustentou ainda que será a partir desta base de sustentação, dada pelas famílias, “que a Diocese do Funchal garantirá um futuro à altura dos seus gloriosos quinhentos anos de vida em missão”.

 

Ao longo da celebração, inserida na “Semana Jubilar” promovida pela Igreja Católica na Madeira, o patriarca lisboeta, presidente da Conferência Episcopal Portuguesa, destacou também o empenho das estruturas diocesanas do arquipélago na área da solidariedade, demonstrado na criação de “sucessivas obras” ao “serviço do próximo”.

 

Enalteceu também o seu esforço missionário, reforçado “na grande diáspora madeirense”, exortando as comunidades diocesanas a continuarem a ser mensageiras “da paz” e da “aproximação” a Deus.

 

A Semana Jubilar em honra dos 500 anos da Diocese do Funchal vai terminar este domingo com uma missa do cardeal Fernando Filoni, enviado especial do Papa Francisco, marcada para as 16h00 no Estádio dos Barreiros.