Jovens da Ouvidoria de Vila Franca promovem “Trilho dos Apressados”

Iniciativa decorre no próximo fim-de-semana

O grupo de jovens “ Apressados da Vila”, da Ouvidoria de Vila Franca do Campo, ilha de São Miguel, promove  a iniciativa “Trilho dos Apressados”, recuperando o espírito vivido há um ano, em Lisboa, na Jornada Mundial da Juventude, informa uma nota enviada ao Sítio Igreja Açores.

De acordo com o programa, partirão, pelas 17h00 do dia 15 de Julho, da igreja de Nossa Senhora da Piedade, em Ponta Graça rumo à Igreja da Ribeira das Tainhas, localidade onde pernoitarão. No dia seguinte, 16 de julho, seguirão rumo à  igreja matriz de São Miguel e após o almoço continuarão o seu caminho até à Igreja de Água D’Alto, onde, em jeito de avaliação cada elemento partilhará como foi para si essa experiência.

“A atividade tem como objetivo reviver o espírito vivido há um ano atrás na JMJ de Lisboa. Reviver: estar juntos (alguns logo após a jornada rumaram ao continente para a universidade), o calor, o contato com as pessoas pelas ruas, o acordar apressadamente, o convívio, as músicas, os gritos, as histórias, o dormir no chão, as mensagens do papa Francisco… e partilhar o eco que a JMJ teve nas suas vidas após um ano” destaca a nota enviada ao Sítio Igreja Açores.

Em cada igreja, dinamizarão jogos e haverá uma pequena reflexão, onde revisitarão algumas passagens dos discursos e homílias do Papa Francisco, nomeadamente as proferidas durante a JMJ de Lisboa 2023.

“Será um momento de muita alegria” enfatiza a nota.

Estes jovens, que têm crescido em número, procuram regularmente o seu aprofundamento espiritual através de dinâmicas de grupo e participação em celebrações- adoração eucarística, eucaristias- fortalecendo o seu compromisso com a Igreja e com o mundo.

Ainda recentemente, participaram em várias iniciativas de cariz ambiental- limpeza da orla costeira e praia da Vinha D´Areia- e outras sócio-caritativas, deslocando-se ao Lar de Idosos de Vila Franca do Campo para um convívio inter-geracional, durante o qual abraçaram e teceram laços de amizade com os idosos, trabalhando assim a componente afectiva e solidária.

O papa Francisco tem pedido, de forma insistente aos jovens , que sejam  “protagonistas da mudança”, já que o futuro está do lado deles.

“Peço-vos que o construam e que trabalhem por um mundo melhor. É um desafio, sim, é um desafio”, dizia o Papa em Lisboa.

“Não deixem que outros sejam os protagonistas da mudança. Vocês jovens são os que têm o futuro. Eu peço-lhes que o construam, que trabalhem por um mundo melhor. É um desafio, sim, é um desafio! Vocês aceitam?”, refere ainda Francisco pedindo aos jovens que “não vivam na ilusão de uma liberdade que se deixa levar pela moda do momento”, mas “saibam responder com generosidade à sua própria vocação, e se mobilizem pelas grandes causas do mundo”.

Scroll to Top