Legionários reúnem-se esta quinta feira para definir linhas de ação para os próximos dois anos. O objetivo é delinear estratégias para responder aos problemas concretos das pessoas.

O Congresso da Legião de Maria, que vai decidir as orientações do movimento nos Açores para os próximos dois anos, realiza-se amanhã, 1 de maio, em Ponta Delgada e conta com a presença do Bispo de Angra que presidirá aos trabalhos, apurou o Portal da Diocese esta quarta feira.

 

 

O congresso, que tem como tema “Com Maria comunicar o Amor” pretende discutir e analisar “novas formas, novos métodos, novo ardor, no Anúncio de Jesus Cristo”, informa uma nota do Movimento a que o Portal da Diocese teve acesso.

 

O Congresso abrange a área do Conselho Diocesano pelo que participam membros de todas as Curia de S. Miguel, dois membros da Cúria do Faial (o Diretor Espiritual da Curia e um leigo) e outros dois da Curia da Terceira. Além das pessoas diretamente ligadas ao movimento a nível diocesano participam também 10 sacerdotes que se inscreveram no Congresso, que têm acompanhado com alguma proximidade a caminhada legionária, bem como dois membros do Senatus (Conselho Nacional), num total de 190 participantes, 36 dos quais da Cúria Juvenil.

O Congresso Legionário, como outras atividades preconizadas no Manual da Legião, tem como meta não só a reflexão de assuntos relativos à formação e espiritualidade dos legionários, mas também a análise dos trabalhos que a Legião realiza nas diferentes pastorais.

 

Neste sentido, o objetivo deste encontro é, com “total fidelidade ao carisma da Legião, que é a evangelização, definir de um modo geral as orientações, linhas de ação dos próximos dois anos, de acordo com situação concreta das pessoas, das realidades de cada comunidade, da Diocese e do mundo”, esclarece a nota do movimento.

 

Os organizadores sublinham, ainda, que este encontro servirá também para definir “como pode a Legião responder aos desafios da sociedade atual e às preocupações da Igreja, sendo um sinal de Esperança pelo cuidado fraterno a todos os irmãos”.

 

Durante o Congresso que começa às 9h00 com o acolhimento e um momento de oração serão apresentadas três comunicações –  “Com Maria comunicar o Amor”,  “Serviço Legionário, uma tocha de Amor” e “A Legião de Maria, um desafio para os jovens” – seguindo-se reflexões sobre as apresentações.

 

 

Os trabalhos terminam com uma Eucaristia às 16h00 que será presidida pelo Bispo de Angra.