Chefe do Núcleo de São Miguel do CNE lamenta perda “irreparável” do sacerdote

O Pe José Maria Almeida era um “escuteiro completo”, muito mais que “um assistente espiritual”  e, sobretudo um “amigo sem ser um amigalhaço pois sempre que achava que o caminho não era aquele que defendíamos trazia-nos à razão” disse esta tarde ao Sítio Igreja Açores o Chefe do Núcleo de São Miguel do CNE, José Maria Jorge.

“Já estávamos à espera que ele pudesse falecer depois do que aconteceu mas lamentamos e não podemos deixar de considerar que se trata de uma perda enorme para a igreja e para todos nós”, disse o dirigente escutista próximo do Pe José Maria Almeida que faleceu esta segunda feira, na sequência de uma embolia cerebral sofrida há três semanas.

Sublinhando o “vigor, a atitude de disponibilidade e ao mesmo tempo a camaradagem” do sacerdote micaelense, o responsável pelo núcleo de São Miguel do CNE lembrou as várias gerações marcadas pelo “cunho e maneira de ser” do sacerdote que lecionou a disciplina de Educação Moral e Religiosa Católica na antiga Escola Comercial de Ponta Delgada, atual Escola Secundária Domingos Rebelo.

“Ainda hoje celebrava casamentos e batizados dos filhos de escuteiros e antigos escuteiros e sempre que havia uma falha de algum sacerdote nalgum acampamento,  lá ia o Pe Zé Maria”, lembrou ainda José Maria Jorge que não esquece os acampamentos de 15 dias, o que “na altura era muito tempo”.

“Ele levava a irmã solteira e a mãe que confecionavam as refeições para os escuteiros e permanecia connosco todos os dias. A sua preocupação quando montávamos o acampamento era arranjar um cantinho de oração, uma espécie de capela improvisada. E ao fim do dia nunca dispensava o seu silêncio para a meditação”, recorda ainda José Maria Jorge.

“Se nós tivermos padres como o Pe Zé Maria a nossa diocese nunca entrará em crise porque ele era um modelo para todos”, remata afirmando que nesta hora de luto, a “única coisa que lamento é não termos conseguido fazer uma homenagem em vida ao Pe Zé Maria”, recordando uma intenção de antigos alunos da antiga Escola Comercial que há dois ou três anos o desafiaram para organizar esse jantar.

O Pe José Maria Almeida faleceu esta segunda às 22h00 no Hospital do Divino Espírito Santo de Ponta Delgada onde ficará até quinta-feira. As 18h00 o corpo será transladado para a Igreja Matriz de São Sebastião; às 21h00 haverá o Canto solene de Vésperas e a Missa de corpo presente tem lugar no dia 12, sexta feira, às 15h00, seguindo-se o funeral para o cemitério de São Joaquim.