Bispo de Angra ordena mais um presbitero e faz nota pastoral intitulada “Fui Eu que vos escolhi e destinei, para que vades e deis fruto e o vosso fruto permaneça”

O bispo de Angra acaba de fazer uma Nota Pastoral a propósito da Ordenação de Presbítero do Diácono Fábio Carvalho, que se realizará no próximo dia 30 de junho, na Igreja de Nossa Senhora da Estrela, na Ribeira Grande, e desafia todos os diocesanos a uma atitude de “oração, contemplação e conversão pessoal”.

D. João Lavrador lembra que a ordenação de um presbítero “é um dom” e um “desafio” para a igreja.

“A ordenação sacerdotal é um acontecimento na vida da Igreja diocesana que deve motivar todos os educadores e todos os agentes pastorais na tarefa de imprimirem na sua atuação formativa o discernimento e a proposta da vocação, incluindo a sacerdotal”, afirma D. João Lavrador na nota.

“Convido as famílias, os párocos e outros sacerdotes, os catequistas, os animadores da pastoral juvenil e os movimentos apostólicos a oferecerem espaços de oração, de reflexão e a despertar o compromisso vocacional junto das crianças e jovens das diversas comunidades cristãs”, interpela a nota.

“ Um sacerdote é um dos maiores dons de Deus à Sua Igreja e, por isso, deve despertar sentimentos de alegria” esclarece ainda.

“Precisamente porque é um dom que a Igreja diocesana recebe da bondade e da ternura de Deus, merece da parte de todos os batizados uma atitude de Acção de Graças a Jesus Cristo que chama, que convida à comunhão com Ele e que envia para servir o Povo de Deus” afirma o prelado diocesano, que desafia assim a uma atitude de oração e conversão.

“Coloquemo-nos em atitude de oração, contemplação e de conversão pessoal e comunitária de modo que os gestos de amor de Deus se traduzam em convite para uma comunhão mais perfeita com Jesus Cristo e com os irmãos e na decisão firme de uma participação mais ativa e consciente na comunidade cristã e na missão evangélica no meio do mundo”, afirma.

Na nota, o prelado recorda que a igreja insular está “empenhada em começar um novo estilo de acção pastoral através da caminhada sinodal”. E, por isso, “se este dinamismo deve manifestar-se no empenho e participação de todos os baptizados em todas as áreas da evangelização, ele terá de atuar de modo especifico na pastoral das vocações”. O bispo esclarece assim que “ a comunidade cristã, em todos os seus membros, se deve sentir comprometida pela promoção vocacional, nomeadamente com as vocações sacerdotais”.

“Deste modo, sentimos o desafio a promover comunidades cristãs verdadeiramente ministeriais e despertadoras da vocação de cada um dos batizados”, frisa.

“Rezemos pelo Diácono Fábio e pelo presbitério da diocese para que sejam verdadeiramente fieis a Jesus Cristo que chama e envia em missão. Comprometamo-nos na edificação de uma comunidade diocesana que escute o apelo de Jesus de Nazaré que continua a chamar e a enviar os seus discípulos em missão para a evangelização do mundo de hoje” conclui o bispo na nota pastoral.

A ordenação de Fábio Carvalho, natural da Ribeira Grande, na ilha de São Miguel, decorre no próximo dia 30 de junho. O jovem diácono será o sexto sacerdote ordenado por D. João Lavrador desde que é bispo de Angra. Fábio Carvalho frequenta o sexto ano do Seminário Episcopal de Angra.