Encontro é aberto a todas as ouvidorias de São Miguel.

A Ouvidoria de Vila Franca do campo promove esta quinta-feira, pelas 20h00, uma sessão de esclarecimento sobre o diaconado permanente.

A sessão que será orientada pelo diácono António Rocha e pela sua mulher, Fátima Rocha, decorrerá no salão paroquial de São Pedro, em Vila Franca do campo e terá como tema “Igreja ministerial e dinamismos evangelizadores”.

Esta iniciativa insere-se numa dinâmica diocesana de aposta nos ministérios ordenados.

Numa carta enviada a todos os sacerdotes, no inicio deste mês de maio D. João Lavrador lembra que no diaconado permanente se manifesta “o rosto de uma igreja mais ministerial”.

O prelado diocesano quer reforçar o diaconado permanente em todas as ilhas e, por isso, lembra a necessidade do recrutamento e formação dos futuros candidatos, uma seleção que vai ser feita no próprio seminário Episcopal.

D. João Lavrador salienta que a existência de diáconos permanentes contribui para “renovar a Igreja em ordem a capacitá-la para servir a evangelização.

Os candidatos ao diaconado permanente devem ter no mínimo o 12º ano e deverão frequentar formação no Seminário Episcopal.