Iniciativa envolve várias áreas do saber com investigadores da diocese de AngraO Serviço Diocesano da Pastoral da Cultura vai desenvolver um estudo sobre o Culto ao Divino Espírito Santo, procurando abordar as vertentes popular e erudita desta tradição profundamente enraizada na identidade açoriana.

Simultaneamente, promoverá um conjunto de iniciativas tendentes ao esclarecimento e aprofundamento formativo dos vários agentes ligados a este culto.

A “Formação cultural, teológica e litúrgica para Imperadores, Mordomos e Irmãos das festas do Divino Espírito Santo, e sociedade em geral” é um dos objetivos e a primeira sessão tem lugar já esta sexta feira, dia 19 de fevereiro, na Igreja Paroquial de São José, em Ponta Delgada, às 20h00. Esta formação, aberta a todos os impérios da ilha de São Miguel, incidirá em temas concretos, a saber: A Cultura das Festas do Divino, por Carolina Dias (Filosofia); A Pessoa do Espírito Santo, pelo Pe. Ricardo Tavares (Bíblia e Teologia); A Liturgia do Culto ao Espírito, pelo Pe Marco Gomes (Liturgia e Teologia) e terminará com um Recital de órgão: Corais do Pentecostes, de J. S. Bach, dirigidos por Isabel Albergaria Sousa.

Numa nota enviada ao Sítio Igreja Açores pelo responsável, Pe Ricardo Tavares, sublinha-se que o objetivo é “apreciar como a vida e a obra da Terceira Pessoa da Santíssima Trindade estão enraizadas na cultura açoriana, e apoiar, a nível formativo, os agentes promotores desse culto secular (Imperadores, Mordomos, Irmãos e sociedade em geral)”.

A decisão desta formação e ao mesmo tempo recolha de subsídios para um melhor conhecimento da natureza deste culto, resulta de um processo de auscultação feito pelo sacerdote e equipa diocesana em todas as ilhas, baseando-se num inquérito, enviado a todos os sacerdotes diocesanos, sobre as prioridades de ação, entre 2015 e 2019.

“Registou-se uma unanimidade neste tema” adianta a nota sublinhando que “são esperados os contributos de todas as ouvidorias para a formação de um grupo de trabalho”. De resto, a nota destaca a constituição ao nível local de duas equipas nas ouvidorias de São Jorge e Terceira, lideradas pelos padres Ruben Pacheco e Duarte Rosa, respetivamente.

Simultaneamente, serão realizadas Tertúlias Culturais para Imperadores, Mordomos e Irmãos das festas do Divino Espírito Santo, e sociedade em geral, com a participação do Director Diocesano, nas  Velas e Calheta , na ilha de São Jorge, entre 15 e 16 de abril, às 20h00.

Entre as atividades previstas está ainda uma conferência denominada “Cultura e Fé, dois frutos do Espírito Santo”, que será proferida pelo Bispo Coadjutor de Angra, D. João Lavrador, aberta ao público em geral, mas especialmente direcionada para Imperadores, Mordomos e Irmãos das festas do Divino Espírito Santo. Este momento “formativo” terá lugar na Matriz de São Sebastião, em Ponta Delgada, a a 7 de julho, pelas 20h00, seguida de Concerto pelo Conservatório Regional de Ponta Delgada.

Esta conferência coincide também com o arranque das Grandes Festas do Divino Espirito Santo de Ponta Delgada, organizadas localmente pela autarquia.