Primeiro número do “Ramo Vivo” saiu em Novembro

A Ouvidoria da Praia, reativada em 11 de Outubro de 2017, acaba de lançar uma publicação trimestral – Ramo Vivo- cujo primeiro número saíu em novembro.

“Em Ouvidoria decidimos que seria fundamental chegarmos às comunidades através de algo que nos unisse, assumindo a nossa diversidade. Por isso, nasce a ideia desta Folha de Ligação chamada “Ramo Vivo” refere o ouvidor Pe. Emanuel Valadão Vaz no texto que abre a publicação, intitulado “Boa notícia”.

A Ouvidoria, que abrange 14 paróquias, é formada pela Equipa Sacerdotal e o Conselho Pastoral e equipas setoriais.

O nome escolhido para esta nova publicação “tem um significado teológico mas também cultural”, refere o sacerdote.

“Nós cristãos precisamos de estar unidos a Jesus Cristo, nós somos os ramos e Ele a videira. Geograficamente e culturalmente pertencemos a uma zona conhecida como sendo do Ramo Grande. A fé e a vida unem-se na diversidade de uma Igreja que é em primeiro lugar Povo de Deus”, acrescenta ainda o Pe. Emanuel Valadão Vaz.

O “Ramo Vivo”, pretende chegar às comunidades da Ouvidoria por quatro vezes ao longo do ano: no início do ano pastoral; Advento; Quaresma e Pentecostes.

No primeiro número, a publicação conta com textos de elementos da equipa sacerdotal: “Advento: Vigilância e Gratidão”, pelo Cónego Manuel Carlos Alves, pároco em Santa Cruz da Praia da Vitória;  “Um ano com Lucas”, pelo Pe. Abel Gonçalves, pároco na Casa da Ribeira; “Convocados para a Esperança” pelo Pe. José Júlio Rocha, pároco em Porto Martins e Fonte Bastardo; “Ano Missionário” pelo Pe. Moisés Rocha, pároco nas Fontinhas e Agualva e um texto sobre a pastoral família, assinado pelo Pe. Luís Silva, pároco das Lajes.

Neste primeiro número o Ramo Vivo conta, ainda, com um texto sobre as comunidades que acolheram os seminaristas durante a Semana dos Seminários, outro sobre a pastoral catequética e dois outros sobre a pastoral juvenil e social. Além destes textos, o boletim fornece o horário das missas na ouvidoria, ao fim de semana bem como os contactos de todos os sacerdotes. Além dos já nomeados são também padres nesta ouvidoria os padres Ricardo Toste, Marcos Miranda, Abílio Morais e Carlos Cabral.

O jornal encontra-se disponível em todas as paróquias da Ouvidoria da Praia