Retiro anual começou ontem com o “discipulado no Evangelho de Marcos” como ponto de partida para as meditações

“O discipulado no Evangelho de Marcos”, foi o tema escolhido para o retiro anual dos seminaristas (exluídos os diáconos) do Seminário Episcopal de Angra, durante a Quaresma, que se iniciou ontem e prolonga até ao próximo domingo, dia 22 de fevereiro.

De acordo com a página oficial do Seminário de Angra, na internet, o retiro realiza-se na Casa do Porto Martins, pertencente à Irmandade do Livramento, no concelho da Praia da Vitória, na ilha Terceira e está a ser orietado pelo Pe João Paulo Quelhas Domingues, reitor do Seminário de Beja, formado em Teologia Bíblica e Mariologia, e que prepara a sua tese de doutoramento dedicada à aprovação oficial do culto de Nossa Senhora de Fátima.

O retiro anual “constitui um dos momentos altos da formação espiritual no Seminário”, diz o sítio da internet , sublinhando que “o isolamento do mundo por alguns dias, incluindo os meios de comunicação, permite aos seminaristas um contacto íntimo com Cristo e um aprofundamento vivencial intenso da escolha vocacional por que optaram um dia”.

O Seminário episcopal de Angra tem neste momento 17 alunos, dois deles no sexto ano, mas só um- Pedro Aguiar- será ordenado sacerdote em junho, seguindo-se a Missa Nova no dia 12 de julho, nas Lajes do Pico. O outro diácono- Gaspar Pimentel- terá de aguardar mais um ano por causa da idade.