Semana dos Seminários, entre 31 de outubro e 7 de novembro mobilizará os 13 seminaristas em missão nas várias ilhas

Os treze alunos do Seminário Episcopal de Angra sairão em missão de apostolado para as várias ilhas durante a Semana dos Seminários que se assinala entre 31 de outubro e 7 de novembro, com o tema “Para estarem com Ele e para os enviar a proclamar” (Mc 3, 14).

Numa carta dirigida a todo o clero diocesano, o Reitor do Seminário, que é também o responsável pelo Serviço Diocesano da Pastoral das Vocações pede  “empenho, colaboração e oração pelas vocações sacerdotais”.

“Como é do vosso conhecimento não recebemos novos candidatos, por isso há que intensificar o nosso empenho comum e dedicação a esta causa” refere o padre Hélder Miranda Alexandre.

O sacerdote cita a mensagem do Presidente da Comissão Episcopal das Vocações, D. António Augusto Azevedo, para lembrar que esta semana “é oportuna” para reconhecer que os seminários “são instituições marcantes em cada diocese”.

“É sobretudo ocasião para tomar consciência da realidade atual, que, em alguns casos, não deixa de ser preocupante, dado o reduzido número de alunos” refere.

O responsável pelo Seminário sublinha que a situação “ não é nova, mas tem sido constante nas últimas décadas”, o que exige “ olhar com fé e realismo para o contexto presente”. Isso, diz, citando a mensagem do bispo de Vila Real “leva-nos também a identificar e valorizar os sinais promissores e as tendências que alimentam a esperança “.

O Seminário de Angra conta este ano com 13 seminaristas: 1 da Ilha das Flores, 2 da Ilha do Faial, 1 da Ilha do Pico, 1 da Ilha de São Jorge, 2 da Ilha Terceira e 6 da Ilha de São Miguel.

No dia 30 de Outubro, realiza-se  uma Vigília de Oração na Paróquia de Santo António do Porto Judeu, pelas 20h00. Convidamos a que tomem iniciativas semelhantes por toda a Diocese.

No dia 1 de Novembro, três alunos do 5.º ano serão instituídos no ministério do leitorado pelas 18h00, na Sé de Angra. No resto da semana, os seminaristas irão em missão, com o intuito de realizarem trabalhos de apostolado, especialmente dirigidos às crianças e jovens, em catequeses, escolas, grupos de jovens e em diversas comunidades da nossa Diocese.