Romarias quaresmais saem para a Rua este sábado de madrugada

O Manual de Orações e Meditações das Romarias Quaresmais deste ano pretende orientar os 55 ranchos que, durante a Quaresma andarão nas estradas e caminhos de São Miguel em oração e penitência.

Elaborado pelo assistente do Movimento de Romeiros de São Miguel, padre Davide Barcelos, este Manual começa com uma proposta de oração para o início da caminhada, que coincide sempre com a saída da pernoita. Depois dessa oração o mestre dá a beijar a cruz aos irmãos romeiros e em seguida, todos em conjunto, rezam um Pai Nosso, uma Avé-Maria e o Glória ao Pai. Segue-se a oração da manhã, uma oração antes da meditação.

Durante a caminhada os romeiros vão rezando e à noite, quando recolhem devem fazer um última oração da noite.

Além deste esquema, são propostas leituras e reflexões bem como as orações que devem ser rezadas em cada um dos dias da Romaria. É também proposto um conjunto de intenções do conjunto das 14 que foram indicadas pelo bispo diocesano para os oito dias de Romaria.

No primeiro dia da Romaria o Manual sugere uma passagem do Evangelho de São Lucas (9,18-24) e as reflexões estão orientadas para o tema “Se alguém quiser seguir-me, renuncie a si mesmo”.

No segundo dia, os romeiros deverão caminhar meditando na passagem bíblica “Quando orardes, não digais muitas palavras” e o Evangelho proposta é o de São Mateus (6, 7-15).

No terceiro dia mantém-se o Evangelho de São Mateus (17,1-5) e sugere-se uma reflexão sobre “Como é bom estarmos aqui”.

No quarto dia, a proposta é para que os Romeiros regressem a São Lucas (6,36-38) e deverão meditar sobre o perdão, “Perdoai e sereis perdoados”.

No 5º dia, “O Senhor vela pelo caminho dos justos” e para reflexão propõe-se o Salmo 1.

No 6º dia, o Evangelho proposto é o de São João (8,21-30) e a reflexão assenta na frase “…muitos acreditaram em Jesus”.

No 7º dia é proposta uma Via-sacra, apontando para o Caminho da conversão.  Aliás, o Manuel propõe uma meditação para cada uma das estações da Via-sacra.

Finalmente no 8º dia, de regresso a casa, os romeiros são convidados a lerem uma passagem do Evangelho de Lucas (1,26-38) e a refletirem sobre “O nome da Virgem era Maria”.

As romarias começam este sábado e terminam na quinta-feira santa, isto é, 9 de abril. Saem para a estrada em São Miguel 55 ranchos, um na ilha terceira e outro na ilha Graciosa.

ManualMRSM2020