Dia diocesano da família é o principal destaque das comemorações nos Açores, que começam este domingo, dia do Bom Pastor

A Semana da Vida arranca este domingo com o tema “A Vida que acolhemos” propondo uma série de reflexões sobre temas como as vidas em gestação, a adoção, os refugiados, os que sofrem, os que são diferentes, os que cuidam e termina com uma reflexão sobre a família como um lugar de acolhimento, tendo como inspiração “a parábola do Bom Samaritano”.

No dia 15 de maio, Dia Internacional da Família, a diocese de Angra vai celebrar o primeiro dia Diocesano da Família, em Vila Franca do Campo, com uma celebração que será presidida pelo Administrador Diocesano, e contará igualmente com reflexões e um convívio entre famílias.

O material preparado pelo Departamento Nacional da Pastoral familiar prevê que além das reflexões partilhadas o esquema celebrativo em cada diocese, em particular em cada comunidade, possa haver a oração do terço e um momento de oração em família.

Esta iniciativa, promovida pela Comissão Episcopal Laicado e Família e pelo Departamento Nacional da Pastoral Familiar, pretende focar três temas: “O aborto, uma realidade oculta dos noticiários e que se estima represente cerca de 15.000 abortos por ano”; “A eutanásia, tema central face à atual realidade política nacional” e a “guerra na Europa, com todas as mortes e refugiados que provoca, este tema sim, em todos os noticiários diários”, lê-se numa nota citada pela Agência Ecclesia.

O tema central “A Vida que acolhemos” é inspirado na parábola do Bom Samaritano como “personagem de acolhimento e, em simultâneo estrangeiro, o que não deixa de ser um pouco desconcertante: é o estrangeiro que é o protagonista do acolhimento e não o inverso”.

A temática deste ano alinha-se com o tema do ano passado “A Vida que nos toca, A vida que sempre cuidamos”,  “num percurso” que os promotores pretendem “prolongar para o próximo ano”.

Cada dia tem o seu tema específico “Os que ainda não nasceram”, “Adoção”, “Os refugiados”, “O que é diferente”, “O que sofre”, “O que cuida” e “Família, lugar de acolhimento”

As celebrações da Semana da Vida podem ser acompanhadas no facebook.