Bispo interpela Seminário e Vigararia para a Formação para aproveitarem as jornadas como momento formativo do povo de Deus

Terminaram esta sexta feira as III Jornadas de Teologia dos Açores, promovidas pelo Seminário Episcopal de Angra e, numa palavra final de reconhecimento pelo trabalho aqui desenvolvido o bispo de Angra desafiou a instituição a prosseguir o diálogo com a sociedade estendendo-o a outras ilhas através das novas tecnologias.

“Se amanhã houver outras zonas da nossa diocese que quiserem saborear o que aqui se faz, quem sabe poderíamos no futuro transmitir estas jornadas para outras ilhas, utilizando as novas tecnologias” afirmou D. João Lavrador reconhecendo que para isso serão necessários investimentos mas “esta é a forma que Deus nos está a mostrar”.

Este ano as jornadas de Teologia foram transmitidas através do facebook do Seminário de Angra e também por alguns órgãos de comunicação social generalistas que cobriram alguns momentos destas jornadas, à semelhança do Sitio Igreja Açores e do programa de rádio que, este domingo, fará eco do que se disse durante estes três dias, recuperando as intervenções e prosseguindo as entrevistas aos oradores convidados.

“Sentimos o encanto e a beleza daquilo que nestes dias aqui foi dito e a interpelação também tem a sua beleza” prosseguiu o bispo de Angra agradecendo o trabalho do Seminário.

“Desde a primeira hora senti, transmiti e fui correspondido. O Seminário é uma escola superior de Teologia e embora possa ainda não ter os pergaminhos de outras instituições, não tenho dúvida de que o ensino que aqui se faz tem o mesmo nível de qualquer escola superior. O que tem a ver com a orientação, com a equipa formadora, com os professores” afirmou D. João Lavrador.

“As jornadas de teologia têm este condão de revelar aquilo que é verdadeiramente um estudo a nível superior” prosseguiu destacando “o diálogo” com a sociedade em ordem à formação de “sacerdotes deste tempo”.

“Os temas- nas três edições- são muito importantes, e o deste ano em particular,  entronca nesta realidade unindo o crente e o questionador, a inspiração humana com a revelação divina, quando se fala de arte e de beleza… tudo isto é uma realidade imanente, presente na pessoa e que nos fala de Deus”.

Já o reitor, Padre Hélder Miranda Alexandre, agradeceu o envolvimento de toda a comunidade educativa do Seminário e aos palestrantes sublinhando que, uma vez mais, estas jornadas “superaram todas as expetativas” seja pela qualidade aqui revelada seja na adesão do público.

No último dia, as Jornadas de Teologia, contaram ainda com três momentos musicais organizados pela Academia de São Tomás de Aquino.

As Jornadas de Teologia dos Açores são uma iniciativa do Seminário de Angra. Associada a este momento de reflexão e diálogo está a produção de uma revista cientifica- a Fórum Teológico XXI- que este ano editou o seu segundo número.