Sê santo, sê original.

No passado dia um de maio ocorreu no santuário de Fátima a 25ª Peregrinação nacional dos acólitos que este ano foi presidida por sua Eminência o Cardeal Jean Claude Hollerich, Arcebispo do Luxemburgo e Presidente do Coetus Internationalis Ministrantium (CIM). A celebração foi transmitida em direto pelo canal Canção Nova, pelas redes sociais do santuário e no Facebook do SNA. O lema da Peregrinação deste ano foi: “sê santo, sê original”. O Santo Padre, o Papa Francisco, enviou uma Mensagem que foi lida no início da da celebração por Dom José Cordeiro da Comissão Episcopal Portuguesa da Liturgia e Espiritualidade.

Apesar de todas as restrições que estamos a viver, foi possível reunir um número de acólitos e acólitas de várias dioceses portuguesas, com alguns sacerdotes assistentes e bispos, inclusive a de Angra, com a representação de 2 acólitos e o assistente espiritual da Comissão Diocesana de Acólitos, Padre Marco Sérgio Tavares.

Nos Açores, no âmbito das atividades da Comissão, está para ser realizada a oitava Peregrinação Diocesana, que se encontra adiada desde 2020 devido à pandemia, cujo destino será a ilha de São Jorge. Em anos anteriores as peregrinações já decorreram nas ilhas do Pico, Faial, São Miguel, Flores e Graciosa.

A Comissão é constituída normalmente por acólitos e acólitas de diversas ilhas, aguardando agora nova nomeação episcopal dada a expiração da anterior. A atividade maior é a de coordenar as peregrinações diocesanas, promover encontros de formação nas diversas ilhas e Paróquias que o solicitem, representar a Diocese na Peregrinação Nacional e participar nos plenários do Serviço Nacional de Acólitos.

 

(Com Pe Marco Sérgio Tavares)